Teresina

Grupo Franly assume turmas prejudicadas pela Celebração Eventos

O Ministério Público do Estado do Piauí, por meio do Procon, realizou na sexta-feira (11) uma audiência pública para tratar sobre a situação dos contratos de formatura assinados com a empresa Celebração Eventos, que declarou falência judicial em novembro de 2018, prejudicando mais de 100 turmas. Na audiência o Grupo Franly manifestou interesse em assumir parte dos contratos.

Segundo a Celebração Eventos, a crise financeira, má gestão e a a altíssima taxa de inadimplência que passa de 95% das turmas contratadas, acabou impedindo que ela continuasse a prestar serviços. Com isso, 108 formaturas foram canceladas.

Para ajudar as turmas prejudicadas, uma audiência foi comandada pelo coordenador o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), o promotor Nivaldo Ribeiro, foi realizada no auditório do Ministério Público. Na ocasião, representantes do Grupo Franly, que administram o Atlantic City, demonstraram interesse em assumir a realização dos eventos das turmas prejudicadas que pretendem continuar com os eventos.

A empresa pretende negociar com as turmas interessadas, já que não poderá assumir todo o contrato que foi firmado com a Celebração Eventos, então deverão ser discutidas quais solenidade vão poder ser realizadas. Será dada prioridade as turmas com solenidades marcadas para até o mês de março.

Fonte: GP1 (https://www.gp1.com.br/noticias/grupo-franly-deve-assumir-turmas-prejudicadas-pela-celebracao-eventos-446894.html)

Related posts

Teresina: de dentro de presídio, detento manda matar atual namorado da sua ex

Moisés Costta

Dois homens ficam feridos após colisão na Avenida Raul Lopes

Moisés Costta

MST divulga nota em apoio a estudantes camponeses no Piauí; entenda!

Moisés Costta