Teresina

No Piauí, Mourão fala em discutir o país no atacado e não no varejo

Ao receber título, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, se emocionou ao falar da família que possui no Piauí, ao citar os primos, ele interrompeu o discurso para segurar o choro. Mourão fez um discurso focado na família e evitou citações políticas.

“Quando eu cheguei no Piauí, me senti em casa. É um lugar onde tenho parentes que sempre desejei conhecer. Estou muito emocionado e orgulhoso de ser um cidadão Piauiense, prometo me esforçar para honrar esse Título”, destacou o vice-presidente.

Ele citou os parentes que têm origem em Pedro II. “Tenho uma família que durante tanto tempo desejei conhecer. É com muita honra que venho a terra dos meus antepassados. Recebi e levarei como marco. Despertou em mim o interesse de buscar minha origens. É uma ótima oportunidade de crescer nessa terra ávida por desenvolvimento, modernização e crescimento. Essa volta ao passado compartilho com cada piauiense. Aproveito para ressaltar que o Brasil depende de nós para ter um futuro seguro”, disse.

Durante o discurso, ele fez uma reverência as desavenças políticas com a família Bolsonaro. Ele falou sobre a necessidade de não se fazer discussão no varejo e sim no atacado.

“Dependem de cada um garantir um futuro digno para as gerações vindouras. O mundo passa por modificações. Surgem novos parceiros econômicos para progresso e desenvolvimento. Temos que deixar de discutir no varejo para discutir no atacado. O governo se empenha em mudanças profundas na sociedade”, disse.

O governador de Brasília, Ibaneis Rocha, também falou da relação com o Piauí. Segundo ele, o titulo representa um presente.

“Recebi esse presente do povo do Piauí. Fico muito feliz. Recebo como um presente. Esse momento renova minhas forças de lutar por um país melhor não só para o Distrito Federal, mas para todos  os brasileiros. Vou colocar na parede junto com a minha certidão de nascimento”, afirmou.

O governador Wellington Dias acompanhou  a solenidade de entrega de títulos. “Para o Piauí é uma honra ter esses novos cidadãos. O Piauí fica honrado com esses novos filhos. São três personalidades com grande trabalho prestado a todo o país. Ficamos muito honrados com esse momento”, disse.

Matéria original 

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, o governador de Brasília, Ibaneis Rocha, e o vice-presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, José Afrânio Vilela, receberam títulos de cidadãos piauienses nesta sexta-feira(26). A entrega foi realizada pela Assembleia Legislativa do Estado.

A solenidade contou com a presença de autoridades parlamentares e militares. O governador Wellington Dias (PT) participa da solenidade e como Mourão, evitou falar com a imprensa. Antes, os dois estiveram juntos no Palácio de Karnak.

O primeiro a receber o titulo de cidadania foi o vice-presidente Mourão. O título a Mourão foi conferido pelo deputado Fernando Monteiro (PRTB) e ao desembargador de Minas Gerais.

“Com relação ao nosso vice-presidente falo com meu coração porque quero expressar melhor meus sentimentos. Quando o senhor assumiu a vice-presidência gerou grande expectativa com relação ao seu trabalho. Vossa excelência é hoje o verdadeiro ouvidor da República. Como democrata, ouviu a sociedade e conquistou todo o Brasil. Aqui é onde estão suas origens. Hoje quase todos são seus parentes. Pedro II é o berço da família Mourão. O Piauí se sente com condições de legitimidade o que o senhor já é. O senhor é o grande defensor das causas do Estado. O governador entregou uma pauta de reivindicações. Não são privilégios, mas só que defenda nossos direitos. Essa pauta foi apresentada pelo governador”, disse.

Durante discurso, o deputado José Santana, que propôs o título ao governador de Brasília, fala ou sobre a trajetória do homenageado.

“É um advogado que tenta por meio do trabalho levar a justiça a quem precisa. Um dos primeiro atos do governo foi valorizar os policiais do Distrito Federal. Esse título de cidadania é simbólico, mas ele sempre foi piauienses de coração. Não tenho receio de afirmar que o Piauí sempre bateu forte nesse coração. Ele tem trajetória”, disse.

Sobre o presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, o deputado Fernando Monteiro falou da sua contribuição. “O desembargador José Afrânio Vilela já foi homenageado pelo Piauí com a Medalha do Mérito Renascença. Ele se destaca como liderança nacional e teve atuação decisiva com apoio para a Justiça do Piauí”, destacou o deputado.

Fonte: Lídia Brito
lidiabrito@cidadeverde.com

Related posts

TRE fará consulta ao TSE sobre afastamento do presidente Paes Landim

Moisés Costta

No Piauí, Cármen Lúcia assina termo para funcionamento da Casa da Gestante

Moisés Costta

Advogado Vírgilio Queiroz tem neta sequestrada e relata angústia da família até o resgate

Moisés Costta