Teresina

No Piauí, Lula destaca legado na educação e provoca Bolsonaro sobre máscara

Em seu discurso em Teresina, o ex-presidente Lula destacou o legado do PT na educação e provocou o presidente Jair Bolsonaro sobre o uso de máscara na pandemia. Lula elogiou o governador Wellington Dias ao afirmar que ele é “mais inteligente e esperto entre os governadores do país” e que está ensinando os outros gestores a governar.

Lula falou durante evento no Centro Estadual de Tempo Integral do bairro Pedra Mole e se referiu a Bolsonaro uma única vez, quando iniciou sua fala. O petista relatou a dificuldade de fazer discurso com máscara, quando uma pessoa no palco disse que ele poderia tirar. Lula respondeu que só tirava se um médico autorizasse, citando o nome de Nazareno Fonteles, ex-secretário de saúde, que não estava na solenidade.

“Eu vou falar de máscara porque eu tenho medo, se eu não falar de máscara o presidente (se referindo a Bolsonaro), que não gosta de máscara, vai dizer que estava certo de não usar máscara, então vou usar minha máscara”, disse.

Lula fez um discurso lembrando seu passado no estado e que veio ao Piauí em 1980 para fazer as caravanas. Disse que o estado era visto como o mais pobre e tratado de forma pejorativa. Chegou a dizer que Wellington Dias promoveu uma “verdadeira revolução”. 

Ao saber pelo próprio governador que o Piauí agora possui ensino superior em todos os municípios, Lula disse que o feito é um “milagre”.

“Hoje o Piauí é sinônimo de desenvolvimento e educação de referência”, declarou, brincando que não ia mais chamar o governador de índio. “Mas de doutor governador que vai ensinar os governadores dos outros estados”, afirmou.

Lula finalizou o discurso destacando a importância de investir na classe mais pobre e lembrou que, dos seus 8 irmãos, ele foi o primeiro a comprar carro e TV.

O petista ainda citou historiadores que, segundo ele, terão que escrever a história do Piauí em duas etapas: antes e depois de Wellington Dias.

Atualizada às 11h45 

O ex-presidente Lula chegou ao CETI Pedra Mole por volta das 11h45 e teve uma recepção calorosa por parte de militantes do Partido dos Trabalhadores, que usaram faixas e bandeiras vermelhas. Ele participou do descerramento da faixa de inauguração da reforma do local e passou a visitar a estrutura, acompanhado do governador Wellington Dias e de outras autoridades presentes. 

No pátio da escola, Lula plantou uma muda de caneleiro em homenagem às vítimas da covid-19. A ação faz parte de um projeto intitulado ‘recomeçar’. 

A presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, deputada federal Gleisi Hoffman,  acompanha a agenda do ex-presidente Lula em Teresina. A namorada de Lula, Rosângela Sousa, a Janja, também acompanha a visita. 

Matéria original 

O ex-presidente Lula já desembarcou em um hangar do aeroporto de Teresina e foi recepcionado pelo governador Wellington Dias e pelo presidente estadual do PT, Francisco Limma.

Após o desembarque, ele seguiu para o CETI Pedra Mole, onde vai conhecer a ampliação realizada com recursos do programa Pró-Piauí. Foram investidos na reforma R$ 998 mil.

Na escola, Lula vai visitar a estrutura em que estão matriculados 430 alunos de tempo integral. Em seguida, acontece um momento de fala, onde o ex-presidente vai ouvir estudantes e diretores.

Também participam do evento cinco alunos do município de Guaribas, da Universidade Aberta do Piauí.

Um dos alunos do CETI Pedra Mole,  Júlio Cesar Felix, de 17 anos, foi selecionado para falar em nome dos estudantes devido ao seu desempenho na escola.”Estou nervoso, com medo de errar, mas vou falar com o coração”, disse o estudante. 


Ex-presidente Lula desembarcando no Piauí

A diretora da escola, Carla Daiane Alencar, disse que são 430 alunos atendidos, entre ensino médio e EJA. Segundo ela, a escola vai voltar com o ensino presencial e híbrido a partir do dia 23 e um dos diferenciais é a climatização em todos os espaços, além de refeitório, salas de mediação tecnologica e laboratórios. 

Após a solenidade no CETI Pedra Mole, Lula participará de um almoço com membros da bancada do PT e presidentes de partidos aliados. O evento deve contar com a presença de nomes como Marcelo Castro e Themistocles Filho, ambos do MDB. 

O encontro com empresários, inicialmente previsto para hoje só deve ocorrer amanhã, em um outro almoço. De acordo com os organizadores, pelo menos 30 empresários, de várias áreas, foram convidados para dialogar com o ex-presidente.

Fonte: cidadeverde.com

Related posts

Hospital divulga nota sobre o estado de saúde do jornalista Egídio Brito, da MN

Moisés Costta

Chuva arrasta veículos e deixa o trânsito complicado em diversos bairros da grande Teresina

Moisés Costta

Covid-19: Teresina tem 1.202 pessoas vacinadas em 2° dia de campanha

Moisés Costta