Piauí

Caso de músico piauiense morto pela Covid-19 repercute no Fantástico

Uma reportagem do Fantástico, Rede Globo, deste domingo (06/07), citou a morte do músico Caio Michel Cardoso da Silva, que era da Orquestra Sinfônica de Teresina e  morreu, aos 30 anos, vítima de coronavírus.

O caso dele serviu para responder as perguntas: por que idosos, com diabetes e pressão alta, pegam a Covid-19 e se curam, sem maiores complicações? E por que jovens, sem nenhuma destas doenças, acabam não resistindo e morrem? 

O irmão de Caio, Caíque, concedeu entrevista por vídeo e afirmou que o músico era saudável e praticava atividades físicas, bem como tinha preocupação com a alimentação.

A explicação pode estar no nosso DNA e até o tipo sanguíneo faria diferença.  O repórter Álvaro Pereira Jr mostrou pesquisas na USP, na Espanha, na Itália, em Yale, nos Estados Unidos, e no Paraná. Todas tentam desvendar se existe uma possível origem genética na resistência ao novo coronavírus.

No caso do tipo sanguíneo, por exemplo, os cientistas estimaram que uma pessoa de tipo sanguíneo A tem 50% mais chance de complicações respiratórias pela Covid-19 e as de tipo O, 25% menos chance.

Clique aqui e assista a reportagem

Fonte: 180graus

Related posts

Wellington discute plano de vacinação contra a Covid-19 com governador do DF

Moisés Costta

Cai para 272 número de casos suspeitos de coronavírus no Piauí

Moisés Costta

Merlong assume a vaga de Assis Carvalho na Câmara Federal e Ariane Benigno a SEADPREV

Moisés Costta