• Home
  • Polícia
  • Ex-policiais presos pela morte de Marielle serão convidados a fazer delação premiada
Polícia

Ex-policiais presos pela morte de Marielle serão convidados a fazer delação premiada

Em coletiva de imprensa concedida nesta terça-feira (12/03), o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, e a cúpula de segurança do estado, que coordenou a Operação Lume, informaram que Ronnie Lessa e Élcio Queiroz serão convidados a fazer delação premiada.

Para Witzel, a prisão dos dois denunciados pela morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes é uma “resposta à população”.

“”É uma resposta importante que nós estamos dando para a sociedade: a elucidação de um crime bárbaro cometido contra uma parlamentar, uma mulher, no exercício de sua atividade democrática. Teve sua vida ceifada de forma inaceitável. Mas muito mais ainda inaceitável porque estava exercendo seu mandato”, avaliou o governador.

Depois de indicar que Lessa foi autor dos disparos e que Élcio estava dirigindo o Cobalt clonado usado no assassinato, a Polícia quer agora identificar quem é o mandante e qual a motivação do crime.

Fonte: 180graus

Related posts

Polícia Federal apreende material em cofre na mansão de Ciro Nogueira (PP)

Moisés Costta

PM e ex-PM são presos pelo assassinato de Marielle

Moisés Costta

Operação ‘Piauí Seguro’: polícia prende suspeito de homicídio em Teresina

Moisés Costta