Polícia

Suspeito registrou BO por desaparecimento após matar e enterrar a companheira

O suspeito de matar a companheira identificada como Sandreia dos Santos Lima, 36 anos, chegou a registrar Boletim de Ocorrência pelo desaparecimento dois dias após do crime. O caso ocorreu na cidade de Ilha Grande do Piauí, litoral do Estado, e causou revolta. A mulher foi assassinada na última quinta-feira (06) e o corpo só foi encontrado quatro dias depois enterrado no quintal da residência do casal.

“No sábado, ele fez o BO do desaparecimento e quando foi ontem se apresentou e foi preso por homicídio qualificado pelo feminicídio e ocultação de cadáver”, disse o delegado Marcelo Leal, da Gerência de Polícia do Interior (GPI).

Sandreia dos Santos foi morta por asfixia após uma discussão por ciúmes. O suspeito- que não teve a identidade confirmada- teria confessado o crime.

Por inúmeras vezes, o Cidadeverde.comtentou contato com a delegada Fernanda Novaes, titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM-Parnaíba), para obter mais informações sobre a confissão do acusado, mas as ligações não foram atendidas.

Foto: PortaldoCatita

Sobre as especulações de que a vítima estaria grávida, o médico legista Charles Pitter descartou a gestação, bem como sinais de violência por arma branca ou de fogo.

A morte de Sandreia Lima entra para as estatísticas como o 15º feminicídio no Piauí em 2019.

Fonte: cidadeverde.com

Related posts

Moto roubada durante festa em São Gonçalo é recuperada pela Polícia

Moisés Costta

Justiça concede saída temporária de Páscoa para 500 presos no Piauí

Moisés Costta

Homem é baleado no bairro Parque de Exposição de Picos

Moisés Costta